[HQ] Saiu F.D.P.

dezembro 23, 2007

Olá amigos insones,

Já saiu a revista F.D.P. do amigo Leonardo Santana.

Leonardo disse em seu site que a revista está simplesmente belíssima!!!!! Uma edição TOTALMENTE COLORIDA com muita ação, diversão e suspense !!!! A revista custa R$ 5,00 (Cinco Reais) + R$ 2,00 (Dois reais) de Frete, mas como promoção de lançamento, as 50 PRIMEIRAS PESSOAS QUE PAGAREM PELA REVISTA NÃO PRECISARÃO PAGAR O FRETE !!!!! Ou seja, a revista vai sair por APENAS R$ 5,00 (Cinco Reais).

Outras informações diretamente no site do Leonardo: http://www.leonardosantana.com.br/BLOG/index.aspx

Eu com certeza já vou garantir a minha.

Anúncios

Filha de Philip K. Dick quer controlar melhor as adaptações

dezembro 20, 2007

Aos 40 anos, Isa Dick Hackett põe fim às adaptações cinematográficas que nunca honraram o legado de seu pai, o visionário escritor Philip K. Dick.

Dirigido por Lee Tamahori e baseado no conto The Golden Man, O Vidente (2007) foi o último título inspirado na obra do mestre de ficção científica, sobre o qual a herdeira não teve controle. ”Não venderei mais os direitos autorais de seus livros e contos, sem que a minha produtora esteja envolvida”, disse Isa, que fundou com a irmã Laura Leslie a Electric Shepherd Productions.

Quando o pai morreu, há 25 anos (quatro meses antes da estréia de Blade Runner – O Caçador de Andróides), Isa, Laura e o irmão Christopher tornaram-se responsáveis pelo seu espólio. ”Éramos muito jovens e não sabíamos o que fazer.” O primeiro projeto do qual a sua produtora participou foi O Homem Duplo (2006), adaptação do livro A Scanner Darkly, assinada por Richard Linklater. ”Alguns diretores têm sensibilidade para proteger a integridade da obra. Outros só a usam como desculpa para filmar cenas de ação e criar efeitos especiais.”

Além de O Homem Duplo, a única adaptação que a herdeira aprova é, obviamente, Blade Runner, de Ridley Scott, que virou cult. A Warner Home Video acaba de lançar uma edição especial em DVD, com a versão inédita do diretor – incluindo sequências restauradas digitalmente e a extensão da cena do sonho do unicórnio, entre outras mudanças sutis. ”Essa adaptação será sempre a minha favorita pelo impacto profundo que teve sobre o legado de meu pai. Ela tornou a sua obra conhecida do grande público.” Isa até batizou a Eletric Shepherd (Pastor Elétrico, na tradução) em referência ao título original do livro que inspirou Blade Runner, Do Androids Dream of Electric Sheep? No Brasil, o título do livro, agora relançado pela Rocco, é O Caçador
de Andróides (256 págs., R$ 36).

As demais obras que refletem a mente insólita e futurista de Dick não são motivo de orgulho para a filha. Principalmente O Pagamento (2003), de John Woo, que buscou inspiração no conto Paycheck. ”Virou um festival de perseguições automobilísticas e tiroteios.” Nem Steven Spielberg conseguiu agradá-la, com Minority Report – A Nova Lei (2002), baseado em conto homônimo. ”Não gosto do final, otimista e luminoso demais, que não é coerente com a obra.” Isa vê ”algum mérito” em O Vingador do Futuro (1990), visão do diretor Paul Verhoeven sobre o conto We Can Remember It for You Wholesale, mas também não aprova a versão.

”Agora preciso ter certeza de que material cairá nas mãos certas”, afirmou Isa, atualmente à procura de um diretor para comandar o set da adaptação do livro Ubik. E ela não quer parar aí. ”Meu pai deixou 40 livros e mais 125 contos. O material é inesgotável.” A filha só lamenta que o escritor não tenha saboreado o reconhecimento em vida. ”Nunca vou esquecer a experiência horrível de ver Blade Runner no cinema, em 1982, aos 15 anos”’, disse, lembrando que ninguém entendeu o filme e que as criticas foram péssimas. ”O cinema estava vazio e nem consegui ler o créditos finais, com a dedicatória para o meu pai, porque acenderam a luz. Fui para casa chorando.”

Fonte: Estadão


[HQ] As Célticas – Hugo Pratt

dezembro 20, 2007

Num mercado com crescente concorrência, espera-se que as empresas trabalhem para cada vez mais oferecer produtos de qualidade a preços acessíveis. Infelizmente, na história do mercado de quadrinhos no Brasil, essa nem sempre é a regra. Por isso mesmo, merece nosso aplauso a iniciativa da Pixel de levar ao grande público os álbuns do Corto Maltese de Hugo Pratt, uma das melhores séries de quadrinhos de todos os tempos. O volume mais recente é Corto Maltese – As Célticas, com 138 páginas, formato 21cm x 28cm, ao preço de R$33,00.


Trazendo seis aventuras que se passam entre 1917 e 1918, nos momentos finais da Primeira Guerra Mundial, As Célticas nos levam de Veneza à Irlanda, passando por Stonehenge até os campos de batalha na França. Com títulos tão belos quanto a poética simbolista de “O anjo da janela do Oriente” ou tão inventivos quanto o jogo modernista de “Concerto em ‘O’ menor para harpa e nitroglicerina”, as HQs misturam fatos históricos com referências literárias, pessoas reais com personagens fictícios. Não faltam homenagens ao escritor norte-americano Ernest Hemingway ou referências à obra do inglês William Shakespeare e do espanhol Miguel de Cervantes. E, se um dos capítulos tem o temido Barão Vermelho como personagem principal, não raras vezes o Corto Maltese se vê levado pelo ritmo dos acontecimentos, reconhecendo ironicamente que nessa história toda ele não passou de um mero observador.Com cenas de ação e lutas do início ao fim, as páginas de As Célticas são repletas de intrigas políticas e golpes de espionagem envolvendo a guerra e as disputas nacionalistas do século 20. Mas o roteiro dinâmico de Pratt deixa espaço também para conversas amenas e paixões humanas, para músicas cantadas num bar ou apresentações de teatro de sombras. No traço conciso e rápido do quadrinista italiano, ambientes, objetos e personagens ganham identidade e presença física, convidando-nos a viajar no tempo e no espaço, a conhecer e nos envolver com seus dramas e motivações.

Mistura de quadrinho e poesia, literatura e realidade, não falta neste álbum nem mesmo uma sequência em que Corto Maltese é convocado pelo rei dos elfos e fadas Oberon a salvar a Inglaterra de uma invasão alemã.História em quadrinhos incomum, na qual sentimos até o soprar do vento, a criação de Hugo Pratt deixa-nos perceber, desde o primeiro instante, o verdadeiro “sopro” que a motiva: um profundo e autêntico humanismo, que desponta na denúncia da insensatez da guerra e se reafirma na falibilidade dos personagens, a começar de seu protagonista. Em outras palavras, Corto Maltese – As Célticas traz todos os elementos de um verdadeiro quadrinho-arte.

Um clássico absoluto e uma leitura saborosíssima!

Na edição de número #12 da revista Crash (edição que sai mês que vem), sairá uma matéria sobre Hugo Pratt e suas obras. Fonte: Neorama


[CINEMA] O Hobbit confirmado !!!

dezembro 19, 2007

Peter Jackson e a New Line Cinema enfim confirmaram o que todos os fãs aguardavam anciosos, O Hobbit no cinema. As gravações começam no início de 2009 e tem estréia prevista para 2010.

Um blog foi aberto para trazer novidades sobre o filme: http://www.thehobbitblog.com/ , mas por enquanto somente a notícia da confirmação.

Ainda não se sabe quem será o diretor, já que Peter Jackson será apenas um dos produtores e organizadores de tudo.

Novas informações em breve.

Fonte: Valinor


[CINEMA] Akira nos cinemas

dezembro 19, 2007

A Focus filmes anunciou essa semana que está previsto para Março de 2008 o início das gravações do clássico do mangá/anime Akira.

Akira é um dos mais populares mangás japoneses de todos os tempos. Criado por Katsuhiro Otomo, é considerado um clássico do estilo cyberpunk. Acabou dando origem a um longa-metragem de animação com o mesmo nome, lançada em 1988, que também tem roteiro e arte de Katsuhiro Otomo, revolucionando a história da animação japonesa e virando clássico cult em todo o mundo.

A animação já é fantástica, agora vamos esperar pra ver o que vai rolar nos próximos meses.

Fonte: Anime Pró


[LIVROS] Renascimento – A Lenda do Judeu Errante

dezembro 18, 2007

Olá pessoal,

Um livro que me pareceu bem bacana é o “Renascimento – A Lenda do Judeu Errante” de Sérgio Pereira Couto. Conheço outros trabalhos do autor como “Sociedades Secretas”, o qual gostei bastante. Conheça um pouco mais sobre a obra: 

Um velho mito está de volta. E, com ele, velhas crenças
esquecidas se tornarão mais atuais do que nunca.

O que levaria um pesquisador dos sonhos a procurar sociedade com o proprietário de uma loja virtual? Esse é o pensamento que passa pela mente de Roger Briggs, um judeu que chegou ao Brasil para refazer sua vida depois de perder seus pais no fatídico ataque terrorista de 11 de setembro de 2001 em Nova York. Agora ele é um empresário de sucesso. Em busca de meios para expandir seus negócios, Roger busca um sócio. É quando aparece o misterioso Dr. Varshae, que lhe oferece o suficiente para dar o próximo passo comercial. Ele apenas faz uma exigência: que seu novo sócio leve sua namorada para uma comemoração em Roma, a cidade eterna. Mal sabe Roger que há uma outra pessoa lá na cidade a sua espera. Alguém ligado ao seu passado que o aguarda ansiosamente para saldar seus próprios débitos e seguir em frente. Roger e sua namorada Liz aceitam a viagem. A irmã de Liz, Emile, recém-convertida ao kardecismo, é a única que percebe que tudo parece ser mais do que aparenta. E tudo começa a se complicar quando um misterioso frei franciscano entra em cena para avisar sobre o que os espera.

Ação, aventura, romance e suspense mostram suas garras numa história que une o presente e o passado num laço indissolúvel e que mostra que, não importa se é nesta vida ou em outra, seus débitos voltarão para assombrá-lo. Quer você queira, quer não.

O site do autor é bem legal, com bastante coisa interessante. O link é http://cantodooraculo.blogspot.com/ .

Fonte: Giz Editorial


Faça parte da equipe Insônia

dezembro 17, 2007

O Blog Insônia sempre foi um espaço democrático destinado a trazer informações, notícias e matérias interessantes sobre cinema, quadrinhos, séries de tv, literatura, animação, rpg e afins.

É com esse pensamento que abrimos espaço para que outros amigos possam fazer parte da nossa equipe e ajudar o blog a crescer e trazer sempre material de qualidade para nossos visitantes.

Então fique atento e saiba como fazer parte da equipe Insônia:

Pré-requisitos

– Ser fã e conhecedor de algum assunto ligado ao blog. Esse é o único requisito, gostar dos temas abordados no blog e querer falar sobre eles para nossos amigos e visitantes.

Se você se enquadra no requisito acima basta enviar um e-mail para contato@tiagocastro.com.br falando um pouco sobre você, com alguns dados para contato (nome, e-mail, tels.) e também mencionando suas preferências em cinema, quadrinhos, séries, etc., e principalmente sobre o que quer escrever no blog.

Assim que o e-mail for enviado é só aguardar que estarei entrando em contato.

Abraços

Tiago Castro
contato@tiagocastro.com.br