[CINEMA] A saga Hobbit

Já faz algum tempo que a New Line Cinema anunciou que gostaria de produzir a adaptação cinematográfica de O Hobbit, livro de J.R.R. Tolkien, que apresentou pela primeira vez a Terra-média em 1937. Para quem não sabe, a Terra-média é o cenário onde se passa a história da trilogia O Senhor dos Anéis, aclamada série de Tolkien que, anos mais tarde, renasceu na cultura POP mundial com, a também aclamada, trilogia cinematográfica dirigida por Peter Jackson.

Desde que a New Line Cinema (o mesmo estúdio de O Senhor dos Anéis) afirmou que tinha seus planos para O Hobbit, muitos rumores ecoaram pela internet e mídia internacional. Apesar de não terem explodido nas primeiras páginas dos jornais e revistas, muitos desses rumores fizeram a cabeça dos fãs, às vezes com informações absurdas, outras com informações tão empolgantes que precisavam ser desmentidas pelos estúdios o mais rápido possível. E isso vem aumentando desde o final do ano passado até agora.

Em outubro passado, a revista americana Entertainment Weekly anunciou que o fundador da New Line Cinema, Robert Shaye, estaria em negociação com o diretor de O Senhor dos Anéis, Peter Jackson, para a produção de O Hobbit em dois filmes, como planejado pelo estúdio desde o princípio. Isso foi o suficiente para que muitos fãs acreditassem que a Terra-média voltaria logo aos cinemas. Tudo isso não passava de um rumor, já que na mesma entrevista, Robert afirmou que antes, o estúdio estava tentando encerrar o processo que Jackson mantém contra o estúdio, referente aos lucros dos dois primeiros filmes de O Senhor dos Anéis, e que a negociação sobre o filme ainda estava acontecendo paralelamente ao processo.

Dois meses depois, outro rumor envolvendo Peter Jackson se espalhou pela internet. Segundo o blog MarketSaw, Jackson teria assinado contrato para dirigir os dois filmes planejados para serem lançados pela New Line e pela MGM. Além disso, os filmes seriam feitos para exibição em 3-D! Os representantes de Jackson afirmaram que tudo não passava de um rumor. O cineasta não havia assinado o contrato por causa do processo contra a New Line e por causa do excesso de projetos em sua agenda, incluindo o longe, também em 3-D, de Tintim. Dias depois, Peter afirmou, com esses mesmos argumentos, que não dirigiria O Hobbit, seria produtor-executivo, pois para fazê-lo, teria que terminar primeiro suas obrigações atuais com os longas Lovely Bones e o já mencionado Tintim. Na opinião do cineasta, os fãs não mereciam esperar mais do que já esperaram pela adaptação de O Hobbit. O nome de Sam Raimi (Homem-Aranha e O Grito) passou a ser o mais forte candidato ao posto de diretor.

Já em janeiro desse ano, dias depois de Elijah “Frodo” Wood afirmar à MTV que adoraria voltar ao papel de Frodo em O Hobbit, O Hollywood Reporter publicou que Gullermo del Toro estaria negociando com a New Line Cinema para assumir a direção da saga. Dias depois, a informação foi confirmada e até um orçamento foi divulgado: Guillermo del Toro está mesmo em negociação com o estúdio. A Nem Line Cinema e a MGM confirmaram que serão dois filmes adaptando o livro de J.R.R. Tolkien. As filmagens começarão no início de 2009 e serão feitas simultaneamente. O primeiro O Hobbit deve sair em 2010, o fim da saga em 2011, e cada um dos filmes tem orçamento previsto para 150 milhões de dólares – repetindo, cada um!

No mês seguinte, um novo processo jurídico, aberto pelos administradores do legado de Tolkien, por conta da repartição dos lucros de O Senhor dos Anéis caiu sobre a cabeça da New Line. Ao ser questionado sobre o assunto, Del Toro disse que já estava sabendo, mas que não estava se intrometendo, pois, apesar de ter oficializado que estava fechando o contrato para dirigir os filmes ainda não “assinou na linha pontilhada”. Enquanto nada é confirmado, Del Toro afirma que está se preparando para a empreitada revendo todo o material de Tolkien sobre a Terra-média como uma forma de construir uma ponte entre essas várias leituras.

A direção de Del Toro, que dirigiu também o fabuloso O Labirinto do Fauno e o divertido e visionário Hellboy, promete deixar sua marca nos dois filmes, isso se o contrato realmente for fechado. A opinião dos fãs se dividem sobre o que esperar da direção do diretor espanhol, já que cada projeto novo dele possui uma maneira diferente de abordagem. Seja com o humor e a ação constante de Hellboy, pela mistura entre a fantasia e o real em O Labirinto do Fauno ou entre o terror psicológico e o drama no recente O Orfanato, é um fato que todos os seus filmes são especiais e merecem uma atenção especial.

Muitos fãs esperam uma abordagem parecida com a de Peter Jackson em O Senhor dos Anéis. Outros esperam uma visão diferente, defendendo a idéia de que a Terra-média precisa ser reinventada. Para descobrir o resultado dessas dúvidas, o único jeito é esperar a resolução de todos os problemas que giram ao torno de O Hobbit, que parece estar protagonizando uma saga tão longa quanto a de Bilbo ou a de Frodo.

por Felipe Andrade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: