[HQ BRAZUCA] Operadora Oi investe nas hqs brazucas

A produção brasileira de quadrinhos acaba de ganhar uma forte aliada na busca por boas oportunidades. Em uma iniciativa ousada, a Oi lançou um site especial dedicado à publicação de HQs inéditas de super-heróis, criadas com exclusividade para a operadora de telefonia móvel e disponibilizadas gratuitamente para leitura online.

“É uma grande marca investindo em webcomics e dando espaço para os quadrinhos nacionais”, disse o roteirista Álvaro Campos ao Universo HQ. “Eu estou me empenhando pessoalmente na divulgação disso porque é um projeto visto como piloto. Ou seja, se der audiência, continua. E dando certo, mais artistas – novos ou experientes – podem ter a chance de produzir HQs bancadas pela Oi“.

O primeiro título publicado é A Corporação, escrito por Campos (que também é produtor de programas de TV, como o Básico, do Multishow) e Fernando Azevedo (roteirista do Canal Brasil), com desenhos de Jean Diaz, Luciano Feijão e Arabson Oliveira, artistas que já fizeram trabalhos para a DC Comics e outras editoras norte-americanas.

A Corporação mostra as aventuras de uma equipe de mercenários superpoderosos sempre dispostos a lutar por qualquer nação, sem distinção de bandeiras ou ideologias e a favor de quem lhes pagar melhor.

“Num mundo onde o que conta é a capacidade de produzir e gerar riqueza, eu sempre me perguntei se homens com poderes especiais dedicariam seu tempo a causas voluntárias como os super-heróis da nossa infância faziam. A indústria bélica, uma das mais ricas do planeta, me pareceu o ponto de partida mais natural se houvesse pessoas assim. Mas, nas nossas histórias, assim como todo jovem que amadurece, essas pessoas superpoderosas irão criticar o mundo ao seu redor e buscar papéis para si muito além dos naturais”, explica Álvaro Campos.

Mensalmente, uma nova edição de 16 páginas coloridas em formato americano e navegação em flash estará online. Quem não quiser ler a história no site, poderá baixá-la no celular, bastando acessar o portal WAP da Oi ou enviar a mensagem “quadrinhos” de uma linha da operadora para o número 880. O serviço de download custa R$ 0,99.

Em muitos países, os quadrinhos estão conquistando cada vez mais as companhias de telefonia móvel que ofertam HQs digitais exclusivas para seus usuários. O retorno financeiro e institucional para as operadoras e editoras envolvidas tem sido bastante satisfatório.

No Brasil, ações dessa natureza ganham contornos ainda mais marcantes, pois isso não é apenas um conceito que engatinha no País e repentinamente acelera com a ajuda da Oi, mas também uma aposta que pode resultar em um novo e melhor preparado mercado para roteiristas e desenhistas cuja expectativa de fazer carreira na área se divide entre continuar trabalhando de forma amadora ou, queira a divina providência, alcançar sucesso e reconhecimento em outros países, principalmente nos Estados Unidos.

por Marcus Ramone
UniversoHQ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: