[CINEMA] Seleção de filmes da Fundação Japão no Sempre Cinema

Para este verão e início do ano, a Fundação Japão preparou uma seleção de filmes inéditos supreendentes. Para os jovens, um animê sensacional e uma divertida ficção científica. E para os amantes do bom cinema de entretenimento, dois sucessos de crítica e público.

PROGRAMAÇÃO

A GAROTA QUE SALTOU NO TEMPO (Toki o kakeru Shojo)
Mamoru Hosoda, Kadokawa, 2006, 99 min.

Datas de exibição:
03/02 (terça feira) às 19h30
05/02 (quinta feira) às 15h

Animê baseado num mangá de sucesso, ganhador de inúmeros prêmios no Japão e no exterior, dentre eles o de melhor direção no 6o. Tokyo Anime World e o de melhor filme no 30o. Prêmio da Academia do Japão. É um animê voltado para o público juvenil. Uma colegial, que mora no subúrbio de Tokyo sofre um acidente numa linha de trem e percebe que tem um dom sobrenatural de transitar pelo tempo. Volta no tempo, para apagar os atrasos na escola, adianta no tempo para conhecer as perguntas do teste. Certo dia, ela percebe que sua relação com dois amigos começa a ter estranhas alterações.

HINOKIO (Hinokio)
Takahiko Akiyama, Shochiku, 2005, 111 min

Datas de exibição:
17/02 (terça feira) às 19h30
19/02 (quinta feira) às 15h

Ficção científica que tem um robô como protagonista. O filme é repleto de efeitos de computação gráfica. Um jovem sofre um acidente e se torna paraplégico. Passado um ano do acidente, e trancafiado em seu quarto, o jovem é chamado para experimentar um teste com um robô, com a ajuda de seu pai, um técnico em robótica. O robô foi construído com madeira hinoki (um
cipestre japonês), daí o nome.

O SOL SEMPRE SE PÕE NA TERCEIRA RUA (Always – Sanchome no Yuhi)
Takashi Yamazaki, Nippon TV, 2005, 132 min

Datas de exibição:
03/03 terça feira) às 19h30
05/03 (quinta feira) às 15h

Grande sucesso do cinema, baseado em romance homônimo. Registrou um público de mais de 2 milhões de espectadores no Japão, conquistando os mais importantes prêmios de cinema no país. Menina do interior emprega-se numa oficina de carros, acreditando que iria trabalhar numa grande empresa de automóveis. Mesmo desapontada, vai descobrindo a vida e o romantismo de uma Tokyo que se modernizava. O filme se passa em 1958, ano em que é construída a Torre de Tokyo, símbolo da cidade ainda hoje.

HONRA DE SAMURAI (Bushi no Ichibun)
Yoji Yamada, Shochiku, 2006, 121 min

Datas de exibição:
17/03 terça feira) às 19h30
19/03 (quinta feira) às 15h

O último episódio da “trilogia samurai” de Yoji Yamada, iniciada com “Samurai do Crepúsculo” (indicado ao Oscar na categoria Filme Estrangeiro) e “Kakushi Ken – Oni no Tsume”, baseado também na obra do romancista Fujisawa Shuhei. Foi o maior sucesso comercial da produtora Shochiku de todos os tempos. Samurai provador de veneno perde a visão após ingerir um molusco. Sua esposa lhe dá apoio, mas percebe que ela tem um caso com um capataz. Após divorciar-se, e remoído de ciúme e sentimento de perda, propõe um duelo com o capataz. Yoji Yamada presta aqui uma homenagem aos bons filmes de samurai de antigamente.

… … …

SEMPRE CINEMA
Local: Espaço Cultural – Fundação Japão em São Paulo
Av. Paulista, 37 – 1º andar
Data: de 3 de fevereiro a 19 de março de 2009
Lotação máxima: 100 lugares
Acesso para portadores de necessidades especiais
Filmes com legendas em português
Entrada gratuita (não é necessário confirmar presença)
Informações: (11) 3141-0110 / info@fjsp.org.br

Informações, fotos e contatos para imprensa:

– Erico Marmiroli – (11) 9372 7774 / (11) 3865 0656 –
erico.marmiroli@gmail.com

– Sandra Keika Fujishiro – (11) 3141 0110 – kei@fjsp.org.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: