[LITERATURA] Paradigmas 2 – Tarja Editorial

Acontece no próximo dia 15 de maio o lançamento do segundo volume da Coleção Paradigmas. Mais uma vez a Tarja Editorial escolheu como palco para esse lançamento o já tradicional Bardo Batata em São Paulo. O evento começa as 18:30h.

Sobre a Coleção Paradigmas

Em sintonia com o surgimento de novos nomes na literatura fantástica brasileira, e em consonância com o crescimento do gênero pelo globo, editoras procuram novas formas de levar aos leitores qualidade aliada a custos acessíveis.

Na ponta dessa tendência, a Tarja Editorial lançou a “Coleção Paradigmas”, onde apresenta em cada volume 13 autores com contos de ficção científica, fantasia e terror. Essa coleção teve seu primeiro volume lançado no dia 20 de março,

o segundo será lançado no dia 15 de maio, com o terceiro e quarto volumes planejados respectivamente para julho e setembro. Não há uma quantidade final de volumes estipulada. Cada edição apresentará 13 dos escritores que tem se sobressaído dentro do gênero. Segundo Richard Diegues, escritor e organizador da coleção, “os livros reunirão autores que realmente estão fazendo a diferença na atualidade, formando dessa maneira um retrato de alta qualidade da produção contemporânea”.

“Cada detalhe da obra foi pensado para romper Paradigmas já consagrados. Toda a concepção é inovadora. A Espiral Áurea foi adotada como arquétipo maior de um paradigma. Fixamos referência a descobertas diferentes em cada volume – Abra a porta! Abra a cabeça! Abra as asas!… –, o tratamento do miolo do livro não possui as amarras gráficas convencionais, permitindo um contato mais similar do leitor com uma revista de entretenimento do que com um livro acadêmico”, completa Diegues.

A palavra paradigma se origina do grego parádeigma, que em seu sentido literal quer dizer modelo, um padrão a ser seguido. Na literatura seria algo partilhado por diversos autores, como um fluxo de pensamentos que culmina em idéias semelhantes. É um termo complexo que aponta algo simples: os limites de uma idéia, o molde para se manter dentro dessas balizas. A proposta da coleção é apresentar contos incomuns, mesmo que baseados em paradigmas consagrados. A arte de capa deste volume apresenta várias cabeças, remetendo à separação que o próprio homem impôs à mente criativa e o discernimento comum. Tudo possui um padrão, como indica a espiral áurea. Estética, métrica e simétrica a serviço do bom senso, da unicidade de estilos. Mas mesmo na natureza existe o caos. Na beleza das formas assimétricas e, ainda assim, surpreendentes em sua perfeição. A concepção não deve ser encarcerada. Abra a cabeça. Quebre os paradigmas!

Sobre os autores da segunda edição

Ricardo Edgar, Detetive Particular » Ataíde Tartari » empresário e escritor, já participou de várias coletâneas de contos de FC, entre as quais Estranhos Contatos (1998), Phantastica Brasiliana (2000) e Futuro Presente (2009). Participou também de coletâneas mainstream como Contos Cruéis (2006). Publicou os romances Amazon (2001) e Tropical Shade (2003), ambos em inglês. Colaborou com o projeto literário internacional Babylonia, do qual participa com o e-book bilíngüe Tropical Shade/O Doutor Suástica. Entre 1999 e 2001, atuou como cronista na coluna Arte pela Arte do Jornal da Tarde de São Paulo. Investigações: ataide.tartari@yahoo.com.br

O Pequeno Oenteph » Raul Tabajara » diretor de criação e professor de arte conceitual em uma escola de cinema em São Paulo. Publicou o livro Horror e Pensamentos (2004) por produção independente e o conto Sensíveis no livro Visões de São Paulo – Ensaios Urbanos (2006), além de escrever periodicamente matérias para revistas da área de publicidade e cinema. Seus trabalhos de criação e ilustração podem ser vistos em sua página pessoal. Sonhos: raultabajara@gmail.com

Efeitos Adversos » Flávio Medeiros » médico oftalmologista em Belo Horizonte, onde nasceu. Leitor compulsivo de tudo que lhe cai nas mãos, bem cedo começou a achar que também sabia escrever. Autor dos romances Quintessência (2004) e Casas de Vampiro (inédito), além da coletânea de contos Leia e Fique Rico (inédita). Também escreveu dezenas de contos e crônicas, além de cartoons publicados por jornais universitários da UFMG e FUMEC e pelo jornal Felicíssimo. Terceiro colocado no concurso de contos do Gabinete Paraibano de Cultura (1989) e menção honrosa no mesmo concurso pelo conjunto das obras. Escritor de peças teatrais montadas por grupos amadores de Belo Horizonte. Bulas: flaviocmedeiros@terra.com.br

A Boa Senhora de Covent Garden » Camila Fernandes » alter ego de Mila F. Enquanto Camila Fernandes assina contos e revisões com seu nome de batismo, Mila F, o apelido, é ilustradora e capista desta edição. Nascida em São Paulo, capital, lançou contos no NecroZine e nos livros Necrópole – Histórias de Vampiros (2005), Necrópole – Histórias de Fantasmas (2006), Visões de São Paulo – Ensaios Urbanos (2006), Necrópole – Histórias de Bruxaria (2008) e Paradigmas – Volume I (2009). Fantasia, horror, realismo e erotismo habitam seu universo. No momento, tem desenhado muito, feito revisão de textos para editoras e autores independentes e montado um livro solo.
Canetadas e pinceladas: camilailustradora@gmail.com

Fuga » Fernando S. Trevisan » com a cabeça enfiada num computador desde os 8 anos de idade, já foi empresário na área e hoje atua como consultor freelancer. No campo literário, sempre teve o incentivo de professores para escrever, notas excelentes em redação e algumas boas colocações em concursos literários, como um 2° lugar no concurso de poesia promovido pela ETE Jorge Street (1997). Possui textos publicados online, em blogs, revistas e sites literários, além de fanzines. Foi um dos mentores do MeloDrama, movimento literário que envolveu mais de 50 autores em Itajaí, Balneário Camboriú, Jaraguá do Sul, Florianópolis e Maringá. Seu conto nesta edição é sua primeira publicação offline. Corridas: fernandotrevisan@gmail.com

O Deus de Muitas Faces » Gabriel Boz » escritor e designer gráfico. É co-editor da revista Scarium Megazine, foi editor da revista eletrônica de literatura Desfolhar e tem um livro publicado: Arcontes (1999). Publicações mais recentes incluem oscontos Digital Éden na antologia portuguesa Por Universos Nunca Dantes Navegados (2007) e Mar Negro na antologia FC do B – Ficção Científica Brasileira – Panorama 2006/2007 (2008). Sacrifícios: gbozmail@gmail.com

Frei François » Ademir Pascale » lingüista, crítico de cinema, ativista cultural, escritor, professor de informática,
idealizador do projeto de inclusão social Vá ao Cinema e do zine TerrorZine – Minicontos de Terror. Administrador do Portal Cranik e dos sites O Entrevistador e Divulga Livros. É autor do audiolivro Cinema – Despertando Seu Olhar Crítico (2007). Já publicou seus contos em diversas antologias e organizou a coletânea Draculea – o livro secreto dos vampiros (inédito) e Invasão Fic Science Edition (inédito). Penitências: ademir@cranik.com

Abaixo de Nós » Luciana Muniz » Analista de Sistemas graduada em Sistemas de Informação. Como escritora, participou de duas antologias: Soltando o Verbo (2006), com as crônicas A Catedral e Essência, e Vampirus Brasil: Sedução, Fascínio e Traição (2008), com o conto A Marca da Maldade. Escavações: lumunizf@yahoo.com.br

Carta a Monsenhor… » Ana Cristina Rodrigues » escritora, historiadora, funcionária pública, professora, editora, agitadora cultural, roteirista e mãe. Carioca e balzaquiana, escreve para tentar calar as vozes (sem sucesso). Já apareceu com contos em diversos sites brasileiros e internacionais. Publicou o livro Anacrônicas –Pequenos Contos Mágicos (2009) e está escrevendo um romance de fantasia histórica alternativa. Pestes: anacrisrodrigues@gmail.com

Triângulo em Tempo Rubato e Gota de Sangue » Saint-Clair Stockler » mineiro que vive no Rio de Janeiro há muitos anos. É mestre em literatura brasileira e tem um livro de contos inédito (por enquanto): Dias Estranhos. Semicolcheias: saintclairstockler@gmail.com

A Dama e o Cavaleiro » Ricardo Delfin » formou-se em Processamento de Dados, pois paga aluguel, e em Cinema, anos mais tarde, quando um pouco de sabedoria lhe permitiu um momento de juízo. Publicou diversos contos, na verdade quatro, em antologias. Participou do e-zine TerrorZine do Portal Cranik, cujo download é gratuito. Co-organizador da antologia Dias Contados (inédita). Além de colaborador da revista virtual B12. Cortesias: rick.delfin@yahoo.com.br

O Fazedor de Terra » Ubiratan Peleteiro » nasceu em Vitória, Espírito Santo. É engenheiro de computação e trabalha atualmente como Auditor Fiscal no Rio de Janeiro. Sempre gostou muito de ler e teve seu primeiro contato com o escrever em 2004, quando participou da Oficina da Palavra da UFES, que produziu um livro com os contos e poemas dos participantes. Em 2006, travou contato com a produção de textos de ficção científica e fantasia, gêneros com os quais se identificou. Desde então passou a escrever contos nessa linha. Participa do grupo de escritores online Fábrica dos Sonhos e também já participou da Oficina de Escritores, outro grupo virtual. Escreve na Black Rocket, revista eletrônica de ficção científica. Torrões: upeleteiro@yahoo.com.br

Clausura » Richard Diegues » autor dos livros Tempos de AlgóriA (2009), Sob a Luz do Abajur (2007) e Magia – Tomo I (1997), além de organizador e co-autor do livro Visões de São Paulo –Ensaios Urbanos (2006), co-autor dos livros Histórias do Tarô (2008), Necrópole – Histórias de Bruxaria (2008), Necrópole – Histórias de Fantasmas (2006) e Necrópole – Histórias de Vampiros (2005). Trabalha com eventos e palestras na área literária, atuando também como editor pela Tarja Editorial. Paga as contas como programador de computadores, consultor editorial para autores, rastreador de hackers e jogador de bilhar. É o idealizador do projeto Paradigmas e participou do Volume 1, além deste.
Encomendas: richard@tarjaeditorial.com.br

A Editora

A Tarja Editorial é a maior editora exclusiva de Ficção Brasileira, e para este ano irá lançar no mercado doze novos títulos dentro dessa linha editorial, sempre apostando em novos nomes da literatura fantástica brasileira. O livro pode ser encontrado hoje, em pré-venda, no site da Tarja Livros e nas livrarias físicas e virtuais à partir do lançamento.

Lançamento

Dia 15 de maio de 2009, a partir das 18:30 horas
Local: Bardo Batata – gastronomia e cultura (Rua Bela Cintra, 1.333 – Jardins – São Paulo)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: