[LITERATURA] O Vampiro da Mata Atlântica – Martha Argel

Dois jovens cientistas, Xavier Damasceno e Júlio Levereaux, são contratados para avaliar a biodiversidade de uma área a ser preservada, situada na região do Alto Ribeira, sul do estado de São Paulo.

Depois de uma viagem difícil, chegam ao local e ficam fascinados com a beleza da floresta e o excelente estado de conservação do ambiente. As descobertas se sucedem, mas uma delas não é nada do que esperavam. Daí em diante, eles vão ter que se esforçar muito para conseguirem ficar vivos!

Sobre o Livro

O Vampiro da Mata Atlântica traz todos os ingredientes de uma boa aventura na selva: os heróis destemidos e idealistas, a floresta exuberante, uma sucessão de fatos emocionantes e, especialmente, um vilão feroz, assustador e cruel.

Não fosse suficiente, tem uma qualidade que o torna único. Ao narrar as descobertas e os perigos vividos por dois jovens cientistas na floresta tropical da Serra do Mar, ele traz, como pano de fundo, um retrato fiel do dia a dia dos pesquisadores brasileiros em campo e de como é gerado o conhecimento sobre nosso ambiente.

Recheado de informações sobre a Mata Atlântica, sua biodiversidade e os perigos que enfrenta, este livro destaca-se pelo modo como combinam, de modo hábil, a ficção e a realidade. Embora abundante, a informação científica não aparece de forma gratuita ou maçante. A Mata Atlântica, com todas as características que vão sendo descritas ao longo do livro, tem um papel importantíssimo em toda a trama, e é sem dúvida um personagem tão destacado quanto os dois biólogos e o monstro que os ameaça.

Nascido da vivência de quase 30 anos de Martha Argel em seu trabalho como ornitóloga e ecóloga, O Vampiro da Mata Atlântica revela uma certa tonalidade autobiográfica. Isso porque em suas páginas aparecem inúmeras situações reais, vividas de verdade pela autora e por seus colegas cientistas.

Para tornar o livro ainda mais especial, ao final foi incluído um apêndice com informações adicionais sobre a Mata Atlântica, espécies animais citadas no texto e outros assuntos de interesse, além de sugestões de leitura e a bibliografia usada.

A Mata Atlântica, uma das áreas mais ricas em espécies no mundo é um patrimônio de todos. Entendê-la e aprender como enfrentar os perigos que a ameaçam, é, mais que um dever, um direito de todos aqueles que se importam com a sobrevivência da Vida no planeta Terra. E isso nada mais é do que o exercício da cidadania.

… … …

Os personagens

Xavier Damasceno é um jovem ornitólogo (especialista no estudo das aves) que batalhou muito para romper a barreira do racismo informal brasileiro, e agora está terminando sua dissertação de mestrado sobre a mais magnífica das aves brasileiras: a espetacular harpia, ou gavião-real. E é por causa de sua paixão científica que acaba se metendo na mais assustadora experiência que já enfrentou.

Júlio Levereaux é um mastozoólogo, ou seja, especialista em mamíferos. Além de ser um excelente pesquisador, com uma energia e um conhecimento impressionantes, é um safado oportunista e folgado. Mas uma coisa deve ficar clara: embora tenha sido dele a desastrosa idéia da excursão às matas do Alto Ribeira, ele não teve culpa alguma pelos acontecimentos horríveis que se desenrolaram.

O Vampiro. Dizem que ele mora lá pros lados da Saripoca. Andou matando gente. Hoje a vila está abandonada, fugiu todo mundo por causa dessa assombração horrorosa. Vocês querem passar a noite lá? Isso é coisa de maluco!

A Mata Atlântica é o sonho de consumo de qualquer zoólogo de campo. Uma das mais exuberantes florestas do mundo, uma das maiores biodiversidades, mas também um dos lugares com maior número de espécies ameaçadas de extinção. Será que o horrendo vampiro que habita a Saripoca é o maior vilão da Mata Atlântica?

… … …

A autora

Martha Argel é bióloga pela Universidade de São Paulo e doutora em Ecologia pela Universidade de Campinas. Especialista em aves, por muitos anos dedicou-se à pesquisa científica, alcançando papel de destaque na ornitologia brasileira. Trabalhou por mais de duas décadas em consultoria ambiental, atuando tanto em trabalhos de campo como na coordenação de grandes estudos. Mantém na internet importantes listas de discussão, como OrnitoBr e Birdwatching Brasil, voltadas para o estudo das aves, e MastozooBr, sobre mamíferos.

Além de vários artigos técnicos e científicos, publicou livros de divulgação como Voando pelo Brasil (Cuca Fresca Edições, 2005) e Maravilhas do Brasil: Aves (Escrituras, 2005). Recentemente adaptou para o Brasil a obra Ecoguia: Guia Ecológico de A a Z (Landy Editora, 2008) da Fundação Nicolas Hulot. Atualmente coordena a produção de um guia de campo para as aves do Brasil, pela Wildlife Conservation Society do Brasil.

Como escritora de literatura fantástica, é uma das autoras mais respeitadas do Brasil. Publicou, entre outros, o romance Relações de Sangue (Novo Século, 2002) e as coletâneas O Vampiro de Cada Um (edição da autora, 2003) e O Livro dos Contos Enfeitiçados (Landy Editora, 2006). Participou de antologias, como Amor Vampiro (Giz Editorial, 2008) e O Livro Vermelho dos Vampiros (Devir, no prelo) Seu lançamento mais recente é O Vampiro Antes de Drácula (Editora Aleph, 2008), que coordenou junto com Humberto Moura Neto e traz uma análise crítica da evolução do vampiro na literatura ocidental.

No momento, Martha divide seu tempo entre São Paulo e Rio de Janeiro, e não consegue se decidir de qual cidade gosta mais. Para saber mais sobre sua atuação literária e científica, visite www.marthaargel.com.br.

… … …

O Vampiro da Mata Atlântica, de Martha Argel
(Excerto)

Era noite — ele sabia que era noite — mas por que ele podia ver a floresta com tanta clareza, como se o sol estivesse brilhando alto no céu? Por que o ar estava tão cheio de ruídos e de cheiros? Ele ouvia pequenos animais, ratos silvestres talvez, andando pelo chão da floresta, ouvia até suas respirações e os corações minúsculos batendo rápido em seus corpos. A brisa quase inexistente trouxe um cheiro de bicho do mato, e ele soube com surpreendente certeza que uma jaguatirica trotava por um carreiro a uns bons duzentos passos de distância.

E ele se sentia mais forte, mais cheio de energia do que nunca.

Não, ele não estava morto.

Ou estava? De repente lhe ocorreu que já tinha ouvido histórias demais sobre assombrações e mortos-vivos para que não houvesse uma gota de verdade por trás delas.

Passando os dedos sobre o sangue seco — seu sangue — que cobria a barriga intacta, ele teve a certeza de que morrera naquela emboscada, e que voltara como algo do outro mundo. Algo capaz de encher de terror a alma das pessoas.

Ficou algum tempo matutando sobre aquilo, até que um espasmo súbito, violento, contraiu-lhe o estômago. Curvando-se, ele apertou as mãos contra a barriga, num esforço vão de atenuar a dor.

Fome. Uma fome implacável.

Um instinto recém-despertado disse-lhe exatamente o que precisava para saciá-la. E onde fazer isso.

Ele pegou a trilha de volta para o bairro do Alto dos Lacerdas. A espingarda Boito ficou esquecida no fundo da cova. Não era a carne de paca, tenra e saborosa, que ia satisfazer seu apetite a partir de agora.

… … …

Sobre a Idea Editora

A paixão por livros, inclusive pela produção editorial, fabricação e distribuição, fez Rodrigo Coube, então sócio e Diretor da Tilibra, abrir a Idea como sendo um negócio paralelo em agosto de 2000. Todavia somente em 2006, é que o Editor e Presidente da Idea assumiu completamente a direção da empresa.

A partir daí a empresa, que antes estava mais focada em literatura infantil, começou a fortalecer seu catálogo, agora com foco maior em literatura fantástica, auto–ajuda e literatura juvenil. A Idea também atua como distribuidor, com foco no interior de São Paulo, sul de Minas e grandes redes de livrarias. Com isso, a empresa mais que triplicou seu faturamento nos últimos dois anos.

“Nosso catálogo está melhorando. Na literatura fantástica, a vinda da Martha Argel com este livro muito interessante (“O Vampiro da Mata Atlântica”) é um reforço enorme, de qualidade e que trará muitos ganhos em todos os sentidos para nossos leitores, clientes e por conseqüência, para nós todos. Estou muito contente”.

Para obter maiores informações da Idea acesse o site www.ideaeditora.com.br. Lá poderão ser encontrados a Missão, os Valores e também o restante do catálogo e informações sobre a distribuição dos livros.

… … …

O Vampiro da Mata Atlântica, de Martha Argel
Lançamento: maio de 2009
Idea Editora (www.ideaeditora.com.br)
Capa: Billy Argel (http://billyargel.blogspot.com)
Acompanhe as notícias sobre o lançamento: http://vampirapaulistana.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: